Buscas

Naquele mesmo dia da praia, fui procurar mais informações, assim que cheguei em casa.

Minha cabeça ficou a mil. Vi ali uma chance real de conseguir o que queria e surtei por uns dias.

Resolvi ir a uma agência de intercâmbio e tirar algumas dúvidas: não gostei nem um pouco. Recomecei minha busca e encontrei um vídeo de uma menina que encontrou uma família pela internet mesmo e descobri que assim é muito melhor.

Inscrevi-me na mesma hora no AuPair-world.net e me cadastrei para buscar famílias na Áustria, Alemanha e Espanha. Mandei, de início, mensagens para a famílias espanholas, quase todas me ignoraram e as que não, me mandaram respostas negativas. Depois ainda descobri que você precisa ser cidadão europeu para ser au pair lá. Enfim, fiquei arrasada.

Eis que na metade de setembro, hospedo um alemão aqui pelo couchsurfing. Contei um pouco dos meus planos a ele, que por sua vez me falou que sua família já teve quatro au pairs e que podia encontrar uma família para mim quando voltasse a Alemanha.

Cumprindo sua palavra, ele me ajudou e continua me ajuda com essa questão.

Pensei que família nenhuma ia jamais me mandar uma mensagem, mas eu estava enganada.

Um dia, esse meu amigo alemão encontrou uma família linda para mim, numa cidadezinha perto da sua. Família essa que venho conversando bastante.

O pai é brasileiro, a mãe é alemã. Eles tem três filhos, duas meninas maiores e um bebezinho. Também tem uma cachorrinha fofa.

Eles são perfeitos mas tem apenas um defeito, que nem chega a ser um, talvez seja até uma vantagem, mas que de certa forma me incomoda. Eles tem uma au pair chegando em janeiro e, no caso, devo começar em agosto. A data é perfeita, pois tenho tempo de me organizar mas quero muito ir logo. Isso já me perturbou mais, mas estou começando a aceitar que essa é a melhor opção. 

De qualquer forma, continuo buscando famílias e recebendo mensagens. Essa semana, recebi mensagem de uma família de Frankfurt. Eles só tem um filho, um menino de três anos e isso é muita vantagem. Mas como nem tudo é perfeito, eles querem que eu comece em fevereiro e temo que não haja tempo suficiente.

Outro problema é que tenho medo que eles sejam de Frankfurt an der Oder e não Frankfurt am Main. Um amigo me disse que eu não ia querer ir pro outro.

Outro problema é meu passaporte, que vence em maio e preciso requerer outro com urgência.

Outro problema é que fevereiro é mesmo no inverno e comprar roupas de frio já vai ser mais um gasto.

Outro problema é meu alemão, que é uma bela porcaria não é nada bom.

Mais tarde tenho uma entrevista com eles e vamos ver no que dá. Se não der certo, sossego 😉

Advertisements
Tagged , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: